A Mureta da Urca

Lugar descontraído e com uma vista maravilhosa, à margem da Baía de Guanabara e com vista para o Cristo Redentor. É o melhor fim de tarde da cidade, principalmente se acompanhado de cerveja gelada em garrafa, petiscos saborosos e muita gente bonita. Em seu trecho final, em frente ao Bar e Restaurante Urca, durante todo o ano as famílias e amigos se reúnem para botar o papo em dia desde a manhã até à noite.

Como chegar: Rua Cândido Gaffrée, 205, Urca

Pão de Açúcar

Entre o morro da Urca e o Cara de Cão, o Pão de Açúcar é um marco histórico, pois foi aos seus pés que Estácio de Sá, ao desembarcar, em 1 de março de 1565, lançou as bases da futura cidade do Rio de Janeiro. Fincado logo a entrada da Baia de Guanabara, este grande bloco de rocha maciça, composta de gnaisse lenticular é resultante do fragmento de uma dobra deitada - originada nos processos geológicos que formaram o espetacular relevo carioca - é um dos símbolos da cidade. A origem do nome deste morro tem a ver com a forma do açucar produzido na Ilha da Madeira em Portugal que era despejado em formas de barro cônicas, cada unidade era chamada de "pão de açucar".

Como chegar: Av. Pasteur, 520 - Urca
Telefone para informações: (21) 2541-3737

Fortaleza de São João

Com elementos de 1618 em sua construção, a Fortaleza passou por sucessivas alterações, até que, em 1872, ano do cinquentenário da independência, por ordem de D. Pedro II. Hoje, além das ruínas do Forte São Teodósio, que ali situava-se antes de ser chamado de Forte de São João, encontram-se as 17 casamatas, construídas em pedra lavada, com 1.40 metros de espessura. O antigo forte serviu como prisão de Tiradentes. Hoje a Fortaleza continua guarnecendo a entrada da Barra e, além do Forte de São João, abriga a Escola Superior de Guerra, o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento e a Escola de Educação Física do Exército.

Como chegar: Av. João Luís Alves s/nº
Partindo do Bar Urca seguir a murada da Urca para a direita até o final.

Instituto Benjamin Constant

O terreno foi doado por D. Pedro ao Imperial Instituto dos Meninos Cegos para que ali fosse instalada sua nova sede. Em 1872, houve o lançamento da pedra fundamental, mas somente em 1896 a obra foi concluída. É uma construção de grande porte, com imensas colunas jônicas no pórtico e frontaria imponente que, durante o período de construção, teve, como diretor, Benjamin Constant, homenageado após a proclamação da república.

Endereço: Avenida Pasteur, 350 / 368

Museu de Ciências da Terra

Localizado na Praia Vermelha, no caminho para o Pão de Açúcar, num belíssimo prédio neoclássico tardio do início do século passado conta com um enorme acervo de minerais, rochas e fósseis. Foi criado em novembro de 1909, um ano após o término da Exposição Nacional realizada na grande esplanada da Praia Vermelha. Atualmente abriga exposições temáticas. Entre elas- No Tempo dos Dinossauros – que mostra o acervo de vertebrados fósseis que viveram no Brasil durante a Era Mesozóica, suas origens e descendentes até os dias de hoje.

Endereço: Avenida Pasteur, 404
Telefone: 21-2295-7596

Outras atrações na Urca

Algumas das outras atrações do bairro são a Praça General Tibúrcio (Intentona comunista), a pista Claudio Coutinho (Caminho do bem-te-vi), Rua São Sebastião (Primeira Rua do Rio de Janeiro, que começava dentro da Fortaleza), a estátua de São Pedro do Mar e a Igreja Nossa Senhora do Brasil, a sede do Cassino da Urca, depois sede da TV Tupi, além de atrações como o próprio casario e a residência do cantor Roberto Carlos.